07/06/2008

Iniciativa audaz

Enquanto milhões de olhares se fixam no quadrado mágico para ver quem primeiro mete a bola na baliza do adversário, ouvi num outro canal de TV, a notícia de que em Portugal nenhuma cidade aderiu à 5ª Manifestação Ciclonudista Mundial que teve hoje lugar em várias cidades do mundo.

Dada a singularidade do evento, decidi pesquisar mais alguma informação, visto que não será nada fácil pedalar em tão nu estado e, acima de tudo, causou-me estranheza a ausência desta iniciativa em Portugal, já que, noutras, estamos sempre solícitos a participar.
Estando nós em crise, seria sempre uma boa alternativa!
Em vez de invejarmos a peça de roupa ou o automóvel da marca, passaríamos a comentar as mamas, mais ou menos descaídas, das mulheres, ou o tamanho do pénis, maior ou menor, dos homens...
Pensando bem, o «sexo» passaria a ser o tema central das conversas diárias e tornar-se-ia tão banal que, ao fim de algum tempo, os conceitos e valores estariam completamente alterados!
As vantagens seriam inúmeras: os atropelamentos seriam reduzidos e menos graves, os combustíveis eram dispensáveis, os benefícios para a saúde seriam evidentes, a poluição diminuiria drasticamente, diminuiriam as desigualdades sociais, aumentaria a natalidade e a paisagem seria francamente mais aprazível.
Bem, não aderimos desta vez mas, aos poucos. lá chegaremos, pois com o actual estado de coisas, o nosso país vai ser o primeiro a dar o exemplo aderindo massivamente!


Foto retirada da net, ao acaso (nem todos(as) apreciarão a escolha, paciência...)

Pelos gritos de «goooooooolo» que ouvi há pouco, deduzo que Portugal esteja a ganhar... ainda bem que há quem não perca tempo com «iniciativas» destas e aproveite bem o seu tempo!

4 comentários:

APC disse...

Apesar de tudo, tenho algumas dúvidas de que contribuisse para o aumento da natalidade; de qualquer das formas, contribuiu para sorrir! :-) Um abraço de até já!

quinttarantino disse...

... não seria mal pensado, mas fiquei com uma dúvida terrível? naqueles dias de inverno, assim mesmo, mesmo frios, não se corria o risco de haver a ténue possibilidade de se levar gato por lebre? :)

Irene disse...

apc
ainda bem que te fiz sorrir. (quanto ao aumento da natalidade, és capaz de ter razão!)
Até já

quinttarantino
o risco não seria maior do que agora , pois não? quantas lebres e quantos gatos...
além disso só tapados com peles, seria muito mais prático confirmar.
penso eu, e não sei se penso bem :))

Irene disse...

quinttarantino
esqueci-me: as peles teriam que ser sintéticas, obviamente!