02/07/2009

despertar 3

saio do sono montada
numa estrela cadente
já não é noite nem dia
és tu, sou eu

sem limites de horas
nem de fronteiras
não há cercas nem grades

há uma vontade de te querer.
Irene Ermida

2 comentários:

By myself disse...

Há muito que não passava por aqui. Leio que houve mudanças (que já deixaram de o ser), mas pelos vistos só nos tons, porque a "linha editorial" mantêm-se. Muito boa, aliás!

Bj

Irene disse...

olá by myself
tenho andado a pensar noutras coisas e também tem estado mais ou menos parado. Obrigada pelo incentivo.
Beijinhos