16/08/2010





(a imagem que faltava, estampada no peito de alguém... porque há coisas e pessoas que até se completam!) 



de um sentir desejo

abandonado no gesto quente

de um simples cruzar de pernas

numa espera apetecida

e adiada…

nos dedos pendentes da mão

a tranquilidade

de que o tempo

afinal

não existe…


Irene Ermida

2 comentários:

Anónimo disse...

welcome back!

Irene disse...

não sei ainda se será mesmo um regresso... mas logo se vê! :))